Lista de nomes aprovados em Portugal

28.4.09


Em Portugal, o registo do nome de um bebé depende da aprovação do Ministério da Justiça, através do Instituto dos Registos e Notariado [IRN], que publica no seu site uma lista oficial de nomes que podem e não podem ser registados. A lista é extensa, contém muitos nomes que estão um pouco ultrapassados mas também apresenta algumas alternativas mais contemporâneas. 
A existência da lista, contudo, não é muito consensual. Por um lado, acredito que se trata de uma forma de preservar a língua e o bem-estar da criança, já que os nomes são, na sua grande maioria, reconhecidos pela população como nomes próprios e tirando as habituais brincadeiras de crianças e adultos, não são propícios a enormes embaraços mas, por outro, também põe um pouco em causa a liberdade do cidadão em poder escolher o nome que quiser para o seu descendente. 
A lista do IRN costuma ser atualizada trimestralmente e, a cada uma destas atualizações, aumenta o leque de nomes aprovados, o que é muito positivo. Caso pretenda submeter um nome a aprovação, saiba que o poderá fazer através de um requerimento à Conservatória Central que, em caso de dúvida, remeterá a questão para um especialista em Onomástica que determinará se o nome está ou não enquadrado na lei. Este procedimento poderá implicar o pagamento de um quantia que deverá rondar os 50 euros, valor que não garante a aprovação do nome em causa. 

Sem comentários :

Enviar um comentário

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)