Felicidade

20.3.17

Hoje assinala-se o Dia Internacional da Felicidade

Há pouco tempo fiz referência ao facto de hoje tendermos a olhar para os nomes literais como modernos quando, em bom rigor, eles correspondem às práticas de nomeação mais antigas de que há memória. Com o passar do tempo, a busca pela respeitabilidade dos nomes afastou-nos de alguns mais inspiradores e aspiracionais mas acho que toda a gente, a dada altura, se cruzou com alguém portador de um nome assim. Eu, por exemplo, conhecia uma Primavera e estudei com uma menina cujo segundo nome era Felicidade. 
Nos dias que correm, é um nome difícil de encontrar em crianças [houve um registo em 2011 e outro em 2015] mas no século passado ainda tinha algum uso. Felicidade tem origem em Felicitate, divindade romana da Felicidade e está ligado a antropónimos mais "normais", como Felícia ou Félix. E aproveitando o momento, recordo que o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa de 1940 nos diz que a forma correcta de o pronunciar é "Félis". 
Como vocês sabem, não me sinto particularmente inclinada para usar Maria numa filha mas, a usar, seria sempre seguido de um nome deste estilo mais poético. Mas Felicidade não está sequer sujeito a nenhuma condição especial e pode ser usado perfeitamente como primeiro nome. 
Ainda sobre este tema, nos últimos tempos tenho pensado muito em Alegria e na possibilidade de aprovação de Alegra! 

8 comentários :

  1. Felicidade não me cativa, mas simpatizo com Felícia e gosto de Félix.
    Alegria não me diz grande coisa, mas Alegra acho bastante giro e fresco.
    Em 2014, se não estou enganada, nasceu uma Allegra Aurora :)

    ResponderEliminar
  2. Dos três, o que mais me cativa é Felícia, mas qualquer um deixa um sorriso na cara a dizer! =D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Filipa, hoje pensei em si e na sugestão que me fez de partilhar aqui nomes interessantes porque conheci uma... Petronilla! Até agora, só me tinha cruzado com o nome em livros de história e em filmes, pelo que teci imensos elogios à rapariga (com cerca de 25 anos) e aos pais!

      Eliminar
  3. Sinceramente, tanto Felicidade (e as suas variantes) como Alegria não me agradam. Aliás, poucos são os nomes literais que gosto efetivamente: Luz, Esperança, Flor, Clara, Alma, Flora e Vitória - são mesmo os únicos.

    ResponderEliminar
  4. De Felicidade não gosto... é demasiado literal para mim. Felícia, penso que tem potencial... Nunca conheci nenhuma Felícia nem Felicidade mas tenho uma tia Felizarda!

    ResponderEliminar
  5. Curioso, o meu avô tem um amigo, senhor dos seus 80 e tais, chamdo Félix, sendo que ambos pronunciam 'félis'. :)

    ResponderEliminar
  6. É o primeiro nome da minha avó paterna e sempre gostei bastante dele. Como segundo já tem um cariz demasiado religioso para o meu gosto, Felicidade de Jesus.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)